Blog Bamevap

Imagem: Walter Duerst/Fórum Econômico Mundial

A CULPA NÃO É DOS POBRES
Postado em 24/01/2020 por Bruno Machado de Oliveira

Malvisto pela comunidade internacional, Bolsonaro preferiu não ir ao Foro Econômico Mundial de Davos, na Suíça, e mandou o "Posto Ipiranga" no seu lugar. Encarregado de vender a imagem do país no exterior, Paulo Guedes falou para políticos eminentes e investidores do mundo todo sobre as reformas econômicas que o governo tem realizado.

Além das perspectivas de crescimento do maior país da América Latina, a plateia estava interessada em ouvir sobre a política ambiental da administração Bolsonaro, que deixara muito a desejar em 2019. Mais do que desapontada, a maioria dos observadores internacionais ficou escandalizada com o tratamento dado ao meio ambiente pelo governo brasileiro. Coube ao superministro da Economia tentar desfazer essa impressão negativa.

“A pior inimiga do meio ambiente é a pobreza”, disse Guedes, para alegria de seus admiradores leigos e indignação dos especialistas no assunto.

Ou seja, além de ser pobre por não ter o hábito de poupar, como o ministro já declarou uma vez, a população carente ainda é a maior vilã ambiental do Brasil.

O ministro ainda acrescentou que as pessoas destroem o meio ambiente porque “têm fome”, como se a culpa pela degradação ambiental fosse dos mais necessitados e não de empresários criminosos que visam lucro fácil e exploram mão de obra barata.

É bem verdade que a pobreza prejudica a preservação ambiental na medida em que o crescimento desordenado de habitações irregulares contribui para a poluição dos rios e desmate de áreas verdes, mas esse é um problema a ser combatido com boas políticas públicas de habitação e saneamento – além de crescimento econômico sustentável. Não tem o menor cabimento atribuir à população pobre a culpa pela exploração predatória que ameaça nossos recursos naturais. O aumento recorde do desmatamento na Amazônia, por exemplo, é resultado da desastrosa gestão de Ricardo Salles no ministério do Meio Ambiente.

A ideia de que respeito ao meio ambiente e desenvolvimento econômico são incompatíveis é equivocada e deveria ter ficado no passado, mas Bolsonaro e outras lideranças do seu governo insistem em defendê-la em pleno século XXI. Enquanto o presidente deixar a questão ambiental em segundo plano, o país vai continuar a perder investimentos importantes. Alguns grandes empresários podem até fazer vista grossa, mas num planeta assolado por crises climáticas cada vez mais graves e frequentes, a preservação do meio ambiente deixou de ser secundária e passou a ser essencial, sobretudo para países emergentes que precisam atrair capital estrangeiro.

Ou Bolsonaro muda o discurso e rompe definitivamente com grileiros, fazendeiros inescrupulosos, garimpeiros ilegais, e toda essa corja que ajudou a manchar a imagem do país mundo afora, ou sofreremos as consequências do descaso na gestão ambiental.

Aliás, não é apenas o retrocesso ambiental que tem rebaixado a posição do Brasil no âmbito internacional. A postura autoritária do presidente, as posições ultraconservadoras defendidas pelo governo nos foros internacionais, e episódios grotescos como o vídeo com apologia ao nazismo do agora ex-secretário da Cultura, Roberto Alvim, só reforçam a impressão de que nossa democracia está em decadência.

Ofender jornalistas, dizer que membros de esquerda não podem ser tratadas como pessoas normais, e culpar índios e outras minorias pelo atraso do país pode até agradar os eleitores mais radicais de Bolsonaro. Mas o desgaste para a imagem do país é consequência inevitável.



LER ANTERIORLER PRÓXIMO

Todo nosso material está pautado na liberdade de expressão, as opiniões não refletem necessariamente o posicionamento da BAMEVAP, e possuem caráter meramente informativo.

Categorias

Todos

Atualidades

Prevenção a Fraude

Educação Financeira

VEJA TAMBÉM:

09/05/2019
NA CONTRAMÃO

25/04/2019
AS FACES DA NOVA POLÍTICA

27/09/2019
BRASIL NA ZONA DE REBAIXAMENTO

17/12/2018
FELIZ ANO VELHO

21/03/2019
VERGONHA NOSSA

30/05/2019
COM A BIC NA MÃO E NENHUMA BOA IDEIA NA CABEÇA

13/09/2019
A SEMANA DO BRASIL

SAVap Systems Webmail